Oleaginosas benefícios - Joana D'arc

Destaques

Adsense (Abaixo do Cabeçalho)

Adsense (Início dos Posts)

16 janeiro 2018

Oleaginosas benefícios


Amêndoas, Castanha do Pará, Castanha de Caju e Nozes. Comumente existe uma confusão entre essas sementes e frutas, em que muita gente não sabe de certo o que elas são. Elas fazem parte da família de frutas chamada de sementes oleaginosas.
Essas sementes têm diversos benefícios para a nossa saúde, em principal proteger o coração, já que são alimentos ricos em gorduras boas e fibras, contendo grande quantidade de gorduras poli-insaturadas e monoinsaturadas.
Assim, elas também têm um papel fundamental quando o assunto é prevenção do envelhecimento precoce, além de auxiliarem na perda de peso saudável e natura.

Quer saber mais sobre as sementes oleaginosas? Então continue lendo para ter todas as informações possíveis bem na palma da sua mão.

O que são Sementes Oleaginosas? 

As sementes oleaginosas são ricas em óleo, e sempre envolvidas em uma casca bem rígida, podendo ser consumidas in natura sem problema algum.

Entre os principais alimentos dessa família de frutas e sementes estão as amêndoas, amendoins, castanhas, nozes e avelãs.

O seu alto teor de gorduras boas faz com que esse alimento possa conferir energia para o corpo, bem como minerais e vitaminas essências que colabora com o bom funcionamento do nosso organismo.

Benefícios das Sementes Oleaginosas

Nozes

As nozes são bem queridinhas quando o assunto são as sementes oleaginosas, e por serem uma ótima fonte de Ômega 3, consegue proteger o cérebro.

Elas evitam que os radicais livres consigam atacar diretamente os neurônios, prevenindo assim o envelhecimento cerebral, o que pode reduzir risco de doenças como o Parkinson e o Alzheimer, além de melhorar a memória.

Entre as sementes oleaginosas, é a que mais possui Vitamina E, importante nutriente para proteger os vasos sanguíneos e assim controlar a pressão arterial do nosso corpo.

Mas cuidado em, o consumo dessa semente não deve passar de 4 unidades por dia.

Amêndoas

Esse é um dos tipos de sementes oleaginosas com baixo teor glicêmico, o que faz dela uma opção excelente para quem tem uma dieta restrita em quantidades de calorias diárias.

Além disso, as amêndoas são uma excelente fonte de antioxidantes, de vitaminas E e B1, de gorduras monoinsaturadas e de minerais. Por essa razão são consideradas um dos alimentos que mais protege o coração contra as doenças cardiovasculares.

O consumo também não pode passar das 4 unidades diárias.

Macadâmia

Com maior teor de gordura entre as sementes oleaginosas e a menor concentração de carboidratos e proteínas, essa semente é ideal para dietas com baixo consumo de proteínas e low carb.

Todas as suas vitaminas e minerais colaboram diretamente na redução de algumas doenças, como as da síndrome metabólica, diabetes e hipertensão.

Por possuir Ômega 7, ela ajuda a queimar gordura localizada e reduzir o apetite, porém seu consumo também não pode ultrapassar as 4 unidades diárias.

Avelã

Famosa pelo delicioso creme de avelã, essa oleaginosa ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumentar os níveis de colesterol bom (HDL).

Para conseguir entender suas propriedades, a avelã consegue fornecer o dobro de gorduras monoinsaturadas se comparada com as castanhas de caju. E 10 unidades por dia são suficientes para conseguir tirar proveito de todos os benefícios.

Castanha do Pará

Também muito conhecida como a Castanha do Brasil, ela é a maior fonte de selênio conhecida por nós, um mineral muito importante na atuação contra os radicais livres, desintoxicação, ativação dos hormônios da tireoide e fortalecimento do sistema imunológico.

O seu consumo não pode passar de 2 unidades por dia.

Castanha de Caju

Por fim, entre as sementes oleaginosas mais conhecidas está a Castanha de Caju, muito rica em zinco em sua composição, o que a faz alimento fundamental para a prevenção de anemia.

As suas gorduras poli-insaturadas ajudam a reduzir os níveis de LDH, e aumentar os de HDL. Ela ainda tem aminoácidos conhecidos como arginina, que podem melhorar o desempenho na atividade física e ajudar na recuperação do pós treino.

Com apenas 1 colher de sopa cheia dessas castanhas, já é possível obter no organismo 23% de todas as necessidades diárias de zinco.

O Consumo deve ser Natural

Agora que você já sabe os benefícios e propriedades das sementes oleaginosas, saiba que a melhor maneira para as consumir é em natura, sem precisar aquecer.

Isso acontece porque quando elevadas em temperatura, elas tendem a oxidar e ficam rançosas.

Um mix de várias sementes pode ser uma maneira deliciosa de conseguir todos os nutrientes que procura.

Além disso, adicionar algumas delas na salda também é muito proveitoso.

Mas sempre se lembre das quantidades diárias de cada uma das sementes oleaginosas, já que o consumo exagerado pode causar reações controvérsias e dar prejuízos à saúde, já que sua fonte principal são as gorduras, que mesmo boas não são indicadas em grande quantidade



Adsense (Final dos Posts)