01 novembro 2011

Fugindo da morte


Não posso ficar,
tenho que fugir.
Mas ela não desiste,
o que devo fazer?
Não!! Ela está vindo!!!!
Começo a correr,
não!!
Meu coração parou,
ela se aproximou
de mim e estendeu a mão,
não tive escolha,
tive que ir com a morte.

JOANA D'ARC
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL