23 fevereiro 2014

No fim

]


Escrevi poemas cheios de sentimentos,
mas ninguém entende o que eu sofri.
Escrevi,
mas ninguém leu
e no fim da noite,
o luar me afundou no medo
e ninguém me salvou.



JOANA D'ARC
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL