27 setembro 2017

Era uma vez o Mundo: Sugestões de presentes afrocentrados para o Dia das Crianças

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq) estima um crescimento superior a 10% nas vendas para o Dia das Crianças. Porém, à medida que 53,6% dos brasileiros se declaram negros*, apenas 3% dos e-commerces nacionais disponibilizam bonecas negras – conforme uma pesquisa da campanha Cadê Nossa Boneca.
Pensando em fazer da brincadeira da garotada uma experiência mais democrática e educativa, a fábrica de brinquedos Era uma vez o Mundo apresenta uma lista de sugestões de presentes afrocentrados para o Dia das Crianças. Confira: 


Boneca personalizada de pano, feita com as características que o cliente desejar. Basta o envio de duas imagens mostrando cabelo, roupa e sapato da pessoa homenageada para que o brinquedo seja produzido. Disponível nos modelos Dandara (feminino) e Zambi (masculino).





Dandara é o espelho positivo para cada criança negra. Corajosa, ela lutou contra o sistema escravocrata do século XVII, sendo uma das maiores líderes negras na luta por emancipação. Na versão dos brinquedos da Era uma vez o Mundo, a boneca está disponível em 20 modelos, inspirados em personalidades como as cantoras Liniker, Preta Rara e a MC Linn da Quebrada.



Zambi ou Nzambi, mais conhecido como Zumbi dos Palmares, foi um dos maiores heróis na luta pela emancipação de homens e mulheres no Brasil escravocrata. Lutou junto com Dandara pela liberdade do Quilombo dos Palmares e de todos os africanos escravizados. Na versão dos
brinquedos da Era uma vez o Mundo, o boneco está disponível em 6 modelos, inspirados em personalidades como o ator Lázaro Ramos.


Livro em formato de edredom, com texto de fácil compreensão, dedicado a valorizar a ancestralidade, identidade e força africana. Acompanha uma Capa de Super Black Power.


Mariana é uma linda menina que ama seus turbantes. Numa leitura participativa, criativa e compartilhada, as crianças criam e recriam amarrações de turbantes, reconhecendo a beleza e ancestralidade inerente a estes elementos. A partir de questionamentos educativos, a equipe da Era uma vez o Mundo cria uma narrativa ilustrada por lindas imagens e a imprime em um livro de malha único e autêntico. 


Erê é um garoto que adora sua história e valoriza sua negritude. Numa atividade interativa e criativa, o leitor de “Erê” é convidado a conhecer a importância da pintura corporal de etnias africanas, reconhecendo a sua beleza e importância ancestral. A partir de questionamentos educativos, a equipe da Era uma vez o Mundo cria uma narrativa ilustrada por lindas imagens e a imprime em um livro de malha único e autêntico. 


Capa superpoderosa que transforma quem a veste em Super Black Power, o(a) Gigante da Resistência. Brinquedo educativo, afirmativo e interativo para o empoderamento infantil através do reconhecimento da própria identidade!

*Fonte: IBGE 2014.

Sobre: Criado pelo casal Jacina e Leandro Melquiades, o projeto Era uma vez o Mundo começou a produzir bonecos afrocentrados em 2008 e, desde 2013, estabeleceu-se como empresa no segmento de brinquedos educacionais. Em 2016, o empreendimento obteve seu maior sucesso com o lançamento das bonecas Dandara. Para o futuro, a expectativa é a abertura da Fábrica dos Sonhos, em Belfort Roxo/São Cristóvão, no Rio de Janeiro. 



Conheça a loja virtual oficial do projeto Era uma vez o Mundo.




JOANA D'ARC
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL