.

English German Spain Italian Portuguese Japanese

JAZZ E VINHO FESTIVAL

| |

14 agosto 2017

Festival reúne destaques e novidades do jazz no Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Esse é o segundo de uma sequência de três festivais realizados em parceria com Opus Promoções e Branco Produções.



Dando sequência à série de festivais com realização da Opus Promoções e da Branco Produções chega edição que une vinho e jazz no Rio de Janeiro (dia 23 de agosto, no Teatro Bradesco Rio), São Paulo (dia 24 de agosto, no Teatro Bradesco) e Porto Alegre (dia 25 de agosto, no Teatro do Bourbon Country). A boa música e as melhores bebidas sempre foram companheiros inseparáveis. Nos bares, casas noturnas e clubes de jazz e blues espalhados pelo mundo, as pessoas sempre ouviram música com o acompanhamento de sua bebida preferida, seja ela o vinho, o whisky, a cerveja ou mesmo a água. Confira o serviço completo abaixo.
 Com o intuito de trazer este espírito para o teatro e possibilitar uma nova experiência, Opus Promoções e Branco Produções idealizaram uma série de festivais com revelações e destacados nomes da música internacional que se unem aos sabores de um bom vinho ou whisky. Serão três festivais no ano de 2017, com shows em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre: Tango y Vino; Vinho e Jazz; Whiskey'N'Blues. Oportunidades perfeitas de harmonizar o melhor da música e o sabor de uma grande bebida.
 Entre os músicos confirmados na edição Vinho e Jazz estão nomes como Femi Temowo, guitarrista britânico que já tocou com nomes como George Benson, The Roots e Amy Winehouse; uma das compositoras e cantoras mais importantes da nova geração de músicos portugueses, Luisa Sobral; além do retorno dos animadíssimos canadenses da Shuffle Demons.


FEMI TEMOWO (Nigéria-Reino Unido)


Crédito: Jan Vrhovnik

O compositor, guitarrista e cantor multipremiado Femi Temowo, apresentou The Music Is The Feeling - seu terceiro e mais ambicioso álbum, com participações de The Engines Orchestra, Michael Olatuja, Troy Miller, Karl Rasheed-Abel, Thomas Dyani and Ernesto Simpson.  Em algum lugar entre o povo africano ocidental e o jazz, o álbum canaliza os sons da infância de Femi crescendo como garoto na Nigéria, ouvindo pioneiros como Fela Kuti, Sunny Ade e Ebenezer Obey. O amor do groove e do lirismo é a parte central do seu som. Não é nenhum segredo que Femi Temowo tem uma enorme variedade de influências e experiências para aproveitar - de tocar jazz com Soweto Kinch e George Benson, para o hip hop com The Roots e de ter trabalhado com Amy Winehouse.

LUISA SOBRAL (Portugal)


Crédito: Isabel Pinto

Luísa Sobral é uma das compositoras e cantoras mais importantes da nova geração de músicos portugueses. Em 2016 editou “Luísa” que é apresentado ao vivo pelo país. O disco foi gravado em Los Angeles, no mítico United Recording Studios, por onde já passaram nomes históricos como Frank Sinatra, Ray Charles, Ella Fitzgerald, Jay-Z, Radiohead e U2. Ao leme da produção esteve Joe Henry, vencedor de três Grammy Awards, que assina trabalhos de músicos como Elvis Costello, Solomon Burke, Beck e Madonna. Foram sobretudo os espetáculos e as participações televisivas especiais, como a que assegurou no programa de Jools Holland, na BBC, que impulsionaram o seu percurso. Espanha, França, Suíça, Alemanha, Inglaterra, Marrocos, China, Namíbia, Zimbabwe e África do Sul já figuram entre as suas escalas. Em 2017, Luísa Sobral apresenta ao público brasileiro suas canções.

SHUFFLE DEMONS (Canadá)


Crédito: Mark McNeilly

Os três adoráveis saxofonistas vestidos com roupas estranhas, um louco e dançante baterista e um matador contrabaixista cantando músicas sobre ônibus, festas e hóquei retornam ao Brasil para o Vinho e Jazz Festival com sua inusitada e alegre combinação de funk, jazz, pop e rap. Originária de Toronto, no Canadá, Shuffle Demons se lançou pela primeira vez na cena musical canadense com uma fusão musical eletrizante a partir de Sun Ra, Charles Mingus, Run DMC e os Beastie Boys. Todas as suas atuações, com divertidas performances, atraem multidões de público. Ao longo de sua carreira, o Shuffle Demons lançou oito CDs, dois vídeos de sucesso, ganhou vários prêmios de música, realizou inúmeras aparições de rádio e TV e excursionou nacionalmente e internacionalmente, incluindo vinte e cinco turnês pelo Canadá, cinco norte-americanas, dezesseis turnês europeias, além de shows no México, Índia, China, Japão, Tailândia, Coreia do Sul, Austrália, Nova Zelândia, Aruba e Cuba. O grupo já participou de alguns dos principais festivais do jazz, ao redor do mundo, como Montreal (Canadá), North Sea (Holanda), Jazz a Vienne (Áustria), Outside in Jazz (Austrália), Yokohama Jazz Pomenade (Japão), Bangkok International Festival of Music and Dance (Tailândia), Jarasum Jazz (Coréia do Sul), Taranaki Arts Fest e Dubbo Jazz Fest (Nova Zelândia e Austrália), Zacatecas Cultural Festival (México) e Beijing Jazz (Índia).

Classificação: 18 anos
Duração: 180min.

Realização: BRANCO PRODUÇÕES e OPUS PROMOÇÕES

CRONOGRAMA:

Abertura das portas: 20h
Femi Temowo: 21h
Intervalo: 15 min
Luisa Sobral: 22h
Intervalo: 15 min
Shuffle Demons: 23h


SÃO PAULO (SP)

Dia 24 de agosto
Quinta-feira, às 21h
Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo)
www.teatrobradesco.com.br

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Ingresso Rápido: 4003-1212
www.ingressorapido.com.br
Bilheteria Teatro Bradesco: Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo Horário de funcionamento: Domingo a Quinta das 12h às 20h, Sexta e Sábado das 12h às 22h.


© JOANA D'ARC - 2017. Todos os direitos reservados. Template criado por Digital Mix Design.Tecnologia do Blogger.