.

English German Spain Italian Portuguese Japanese

Preços dos brinquedos variam em até 50%

| |

31 maio 2017


Os brinquedos, para a alegria de crianças e adultos, apresentaram uma variação de preços de até 50% de desconto desde fevereiro, de acordo com os dados obtidos pelo site Dica de Preço. O que, em grande parte, revela um mercado cada vez mais competitivo entre as empresas, além é claro de despertar ainda mais o interesse do consumidor. “Os brinquedos tiveram uma queda média de 5%, porém os produtos licenciados de personagens chegaram a 50%, o que indica um impacto pela variação do dólar e a rápida substituição de gosto das crianças”, afirma Leonídio de Oliveira Filho, empresário e criador do Dica de Preço.
Os preços mais competitivos também favorecem a produção nacional de brinquedos, que em 2016 faturou quase R$ 3,5 bilhões, “apenas” R$ 300 milhões a mais do que no ano anterior. Em outras palavras, o setor ainda não sabe muito bem o que é viver na crise, pois tem se adaptado não somente ao mercado, mas também aos gostos do consumidor. Os produtos licenciados são os que mais sofrem alteração de preços, de acordo com Oliveira, e serão responsáveis pelo aumento de 5% no volume de negócios – vale lembrar que o setor de brinquedos é o segundo mercado que mais investe em licenciamentos.
“As crianças ficam aficionadas pelo personagem de um desenho novo ou de um filme novo, e logo começam a querer ter os brinquedos dele. É uma mudança rápida”, diz ele. E as fabricantes entendem bem como isso funciona, uma vez que é neste período do ano que os lançamentos lá de fora começam a chegar em território nacional e, portanto, as trocas de linha incentivam grandes descontos para acabar com os estoques nas lojas. Tanto é verdade, que em março já aconteceu a ABRIN (Feira Internacional de Brinquedos), em São Paulo, com diversas novidades.
Quem aproveita não são apenas as crianças, já que muitos adultos são aficionados por produtos de super-heróis, filmes e séries, e acabam montando uma coleção inteira deles. Assim, estima-se que até 2021 os brinquedos fabricados no Brasil representem 70% do setor, tirando um bom pedaço dos produtos “made in China”. Esta é a chance de aproveitar, no caso do mercado nacional, para crescer, e no caso dos consumidores, para economizar em tempos difíceis.

Para conhecer o Dica de Preço, acesse o site: www.dicadepreco.com.br


© JOANA D'ARC - 2017. Todos os direitos reservados. Template criado por Digital Mix Design.Tecnologia do Blogger.