.

English German Spain Italian Portuguese Japanese

PASSO A PASSO DE PINTURA BÁSICA DE PAREDES AJUDA A ECONOMIZAR COM MÃO DE OBRA

| |

17 dezembro 2016


Deixar a pintura da casa impecável para receber parentes e amigos nas festas de final de ano sem gastar com a mão de obra é possível. É o que afirma o técnico em produtos da Futura Tintas, Vagner Delgado. “O ideal é sempre contar com o apoio de um profissional para procedimentos como estes, que exigem conhecimento para se chegar à perfeição, mas nada impede que os consumidores façam sozinhos, desde que usem materiais de confiança, tenham como base um roteiro e muita criatividade”, afirma o especialista.
 E para dar uma “ajudinha” a quem quer dar uma cara nova para o lar, Vagner preparou um passo a passo de pintura básica. “Para escolher os materiais, recomendo que a pessoa faça uma boa pesquisa de qualidade e preço”, ressalta o técnico. “Com essas dicas, qualquer pessoa pode fazer um bom trabalho e repaginar a casa para receber amigos e familiares”, finaliza Vagner.

1º Materiais necessários:

·         A tinta – Escolher o tipo de tinta e cor (levando em consideração o ambiente, superfície e o acabamento desejados). A Futura Tintas possui uma linha completa com tinta acrílica, fosca, emborrachada, tinta gesso, texturas, esmalte, verniz, entre outros produtos.
·         Rolo de espuma para pinturas em superfícies de madeira e metal com uso de tintas Esmalte Sintético e / ou vernizes a base de aguarrás.
·         Rolo de lã para pinturas em superfícies de alvenaria (reboco, massa fina, massas de nivelamento, gesso).
A altura da lã depende das características da superfície:
Perfil baixo ou anti gota (9mm), para superfícies lisas e niveladas;
Perfil médio para superfícies rugosas (16mm): Ex: reboco rústico;
Perfil alto para pinturas sobre superfícies extremamente rugosas (22mm): Ex: texturas ou grafiato.
·         Trincha macia de 2 polegadas para os recortes.
·         Lixa para alvenaria de textura “grana” nº 180 a 260, para criar porosidade na superfície, remover o brilho (caso existir na pintura antiga), e/ou para lixar possíveis áreas com correção de Massa Corrida ou Acrílica.
·         Fita crepe 50mm x 50m.
·         Bandeja para usar como recipiente da tinta escolhida.
·         Misturador ou espátula “tipo ripa” limpa para homogeneizar os produtos escolhidos.
·         Luvas de PVC.
·         Papelão ondulado ou caixas de papelão (abertas) para proteção de pisos.
·         Plástico bolha ou lona transparente para proteção de moveis, portas, janelas, caixilhos, floreiras, etc.
·         Escada (máximo 2 metros de altura) e / ou extensor para pinturas em áreas altas. 

2º Prepare a superfície:

Ao escolher a parede, observe se não há umidade, trincas, fissuras, graxa, gordura, etc. Em caso positivo, antes de qualquer coisa, providenciar a correção e somente depois iniciar a pintura.

3º Prepare o ambiente:

É necessário tirar qualquer objeto decorativo das paredes, como quadros e prateleiras, e forrar o chão com papelão ondulado, caixas de papelão abertas, e os móveis com plástico bolha ou lona transparente. Rodapés e batentes podem ser protegidos com fita crepe.

4º Lixe a parede:

Depois de tudo estar protegido, é o momento de lixar a parede e corrigir eventuais áreas imperfeitas com massa de nivelamento. O pó resultante deve ser totalmente removido com pano úmido (aguardar secagem antes de pintar), ou aplicar uma demão e Fundo Preparador de paredes Futura Tintas.

5º Prepare a tinta:

Após abrir a lata de tinta, é necessário realizar a sua total homogeneização utilizando um misturador limpo “tipo ripa” ou espátula apropriada. Depois, despejá-la na bandeja e diluí-la de acordo com as instruções da tinta escolhida. Importante: Diluir somente a quantidade de tinta que será utilizada na pintura, para evitar desperdício.

6º Limpe do rolo (se necessário):

Para as pinturas em alvenaria, antes de mergulhar o rolo de lã na tinta, ele deve ser lavado com água limpa com objetivo de remover qualquer partícula solta do revestimento. Remover todo o excesso de água até que fique praticamente seco para utilizar nos procedimentos de pintura.

7º Como usar o rolo:

Agora é o momento de usar o rolo. Não é necessário encharcá-lo e o excesso de material deve ser tirado na bandeja.

Para tintas com acabamento fosco, o rolo, já umedecido com o produto, deve ser passado na parede de baixo para cima “desenhando uma letra N” e voltar preenchendo os espaços vazios. Esse processo deve ser repetido em toda a extensão da parede. Aguardar quatro horas para aplicar a segunda demão. Caso seja necessário aplicar a terceira demão, aguardar novamente quatro horas.

Para tintas com acabamento acetinado ou brilhante, o rolo, também já umedecido com a tinta, deve ser passado na parede baixo para cima “rolando lado a lado”. Esse processo deve ser repetido em toda a extensão da parede. Aguardar quatro horas para aplicar a segunda demão. Caso seja necessário aplicar a terceira demão, aguardar novamente quatro horas.

Obs1: Os procedimentos de rolagem normalmente são encontrados nas embalagens destas ferramentas e podem variar conforme recomendação dos fabricantes, tipo de superfície, produto, etc.

Obs2: Evite retoques quando utilizar tintas com acabamento acetinado ou brilhante, pois poderá contribuir com manchas pontuais.

9º Finalização:

Após a última demão secar, retirar a fita crepe com cuidado.

10º Limpeza das ferramentas:

Para a limpeza das ferramentas, utilizar água limpa para produtos à base de água e thinner de limpeza ou aguarrás para produtos à base de solvente.

Serviço:
Futura Tintas
SAC: 0800 773 2900

© JOANA D'ARC - 2017. Todos os direitos reservados. Template criado por Digital Mix Design.Tecnologia do Blogger.