.

English German Spain Italian Portuguese Japanese

7 razões para colocar seu filho em um programa bilíngue

| |

14 novembro 2016


Em um mundo cada vez mais globalizado ser proficiente em língua inglesa tornou-se uma necessidade. Além disso, com a expansão da diversidade cultural e o acesso instantâneo à informação, a opção pela educação bilíngue acelera o processo de desenvolvimento pessoal e profissional dos nossos filhos. De acordo com a gerente editorial da International School, Virginia Garcia, dominar o inglês passou a ser uma habilidade obrigatória para pessoas de todas as idades e, por isso, quanto mais cedo o aprendizado desse segundo idioma começar, maior os benefícios para o futuro dessa garotada antenada. A especialista apontou sete razões para colocar seu filho em uma escola bilíngue. Confira:

1.                  A educação bilíngue aumenta a plasticidade cerebral. Um estudo realizado por cientistas suecos revelou que aprender novas línguas promove o crescimento de certas regiões do cérebro, principalmente o hipocampo, responsável pelo aprendizado de novas informações. Entre os benefícios estão os efeitos positivos no desenvolvimento das habilidades cognitivas, como memória e atenção. A exposição a duas línguas estimula o aumento do número de conexões cerebrais melhorando o raciocínio lógico e a criatividade.


2.                  A educação bilíngue promove a saúde mental. Uma pesquisa realizada na Universidade de Nova York e publicada na revista “Trends in Cognitive Sciences”, revelou que o bilinguismo melhora o efeito protetor que a atividade física ou mental tem sobre a função cognitiva, proporcionando um envelhecimento saudável e adiando o surgimento de sintomas em pessoas que sofrerão de demência e Alzheimer em até cinco anos.

3.                  Bilíngues são melhores remunerados em média 20% a mais que monolíngues. Os adultos bilíngues possuem vantagens futuras profissionais no mercado de trabalho, incluindo salários mais altos e melhores oportunidades de carreira. De acordo com o portal salary.com os salários para candidatos bilíngues são entre 5 e 20% superiores.

4.                  Bilíngues têm maior poder de decisão. Estudos da Universidade de Chicago revelam que indivíduos que dominam uma segunda língua são mais racionais, ou seja, tomam suas decisões usando mais a razão do que a emoção. O cérebro do bilíngue é mais analítico, por isso, ao avaliar suas decisões leva em conta o longo prazo e age com mais imparcialidade, iniciativas que trazem benefícios nos negócios, na carreira, nas finanças pessoais e até mesmo nas relações afetivas. 

5.                  Bilíngues têm maior facilidade em aprender outros idiomas. O cérebro quando já domina dois idiomas, além de possuir maior compreensão em relação ao funcionamento do processo de absorção da linguagem, dispõe de um conjunto de recursos para aprender um novo idioma. Isso acontece porque o bilíngue já está preparado para fazer as ligações neurais necessárias para guardar as informações da uma nova língua estrangeira. Os bilíngues têm habilidades linguísticas mais apuradas para escutar, classificar palavras, processar informação, encontrar rimas e associar palavras, comunicar, encontrar soluções, além de um vocabulário maior, comparado aos monolíngues. 

6.                  Bilíngues possuem melhor compreensão da língua materna. A todo o momento, novas descobertas confirmam que a educação bilíngue aumenta o engajamento dos alunos no processo de aprendizagem por meio de uma experiência que promove o alto desempenho na aquisição de conhecimento. O domínio de um segundo idioma reforça a compreensão da língua materna. Para aprender uma segunda língua é necessário compreender os mecanismos de linguagem da língua nativa, como estruturas e gramática. Conforme o aluno vai se tornando mais conhecedor da estrutura e de como ela pode ser utilizada, suas habilidades de comunicação e escrita tornam-se ainda mais aprimoradas.

7.                  Bilíngues são mais criativos. De acordo com pesquisadores da Universidade da Georgia, o bilinguismo tem influência direta na criatividade das crianças. Os bilíngues tiveram melhor aproveitamento em testes que envolviam soluções e problemas que necessitavam de habilidades como, flexibilidade de ideias, reconhecimento de significados e associações, uso de múltiplas abordagens, entre outras. Ao deparar-se com qualquer desafio, o bilíngue tem maior facilidade de analisá-lo por diferentes perspectivas, e assim ser mais criativo para encontrar a melhor solução.

Virginia Garcia é gerente editorial da International School, especializada em soluções educacionais voltadas à educação bilíngue.


© JOANA D'ARC - 2017. Todos os direitos reservados. Template criado por Digital Mix Design.Tecnologia do Blogger.