.

English German Spain Italian Portuguese Japanese

7 passos para se dar bem na entrevista de emprego

| |

08 janeiro 2016




Olá!!!
Com o crescimento do número de desempregados no país, uma recolocação no mercado de trabalho passa a ser mais competitiva para os candidatos.
A Coach de carreira ensina como se destacar na entrevista de emprego e conquistar o recrutador: o sétimo passo é o grande trunfo para garantir a contratação.
Para se destacar em uma entrevista de emprego, confira algumas dicas da especialista Ana Lisboa no texto abaixo:


1-Ser Pontual

O primeiro passo é chegar sem atrasos. “O horário em que você chega para a entrevista já é o primeiro fator a ser analisado, por isso o ideal é chegar com alguma antecedência”, explica Ana Lisboa. Ainda que não seja indicado chegar muito tempo antes, já que isso demonstraria ansiedade, a coach destaca a importância de não se atrasar. “Se você chega após o horário da entrevista, dá a entender que vai se atrasar sempre para o trabalho”, explica. 

2-Vestir-se corretamente

Embora cada profissão tenha um código de vestimenta diferente, Ana Lisboa destaca a importância de não exagerar. “Bermudas, shorts e saias curtas são proibidos na entrevista”, reforça. A coach também lembra que algumas mulheres chegam a exagerar na maquiagem ou utilizar roupas mais apropriadas para festas. “O ideal é não exagerar, se vestir de forma sóbria e estudar as regras de vestimenta da empresa”, ensina. 

3-Adequar o comportamento

A preocupação com o tom de voz e as palavras deve ser redobrada no momento da entrevista. “É possível que uma variação no tom de voz ou alguma palavra mais ofensiva afaste o entrevistador, por isso é importante estar atento a isso”, explica a coach. “Gírias e expressões jovens precisam ser evitadas, pois o recrutador precisa entender que você sabe ser sério e profissional, mesmo que a empresa tenha um ambiente descontraído no dia a dia. Seja você mesmo, mas com adequações”, destaca. 

4-Responder de forma coerente e concreta

Ao longo de uma entrevista de emprego, o candidato não deve cair em contradição. “As respostas jamais devem ser vagas ou incoerentes”, destaca a especialista. “Um candidato bem preparado sabe explicar de forma sucinta aquilo que fazia nos empregos anteriores, bem como os sonhos ou metas profissionais”, ensina. Por isso, é importante pensar nas respostas para estas questões logo que for iniciada a busca por um novo emprego. 

5-Interessar-se pela empresa

Antes de ir à entrevista, é crucial saber o máximo possível sobre a empresa. Quem é o presidente ou diretor? Qual o método de trabalho e a história da companhia? “Busque por notícias sobre a empresa na internet e pesquise sobre ela, tanto no site oficial quanto em outros”, sugere Ana Lisboa. “Além de ir à entrevista com informações, você terá material para fazer perguntas interessantes, de forma a gerar empatia com o entrevistador”, explica.

6-Ter interesse verdadeiro pela vaga

Ana Lisboa destaca a importância de demonstrar interesse pela vaga a ser preenchida. “Após passar pela entrevista, você pode tirar algumas dúvidas sobre a vaga, a forma como o trabalho é conduzido, ou qualquer outro detalhe que possa ser interessante para você”, explica a coach, que destaca a importância de não questionar ao longo da entrevista e de perguntar, antes, se pode fazer perguntas. “Dependendo do processo, o momento de tirar este tipo de dúvida pode vir depois, por isso é importante ser cuidadoso e não exagerar nas perguntas, apenas demonstrar interesse”. 

7-Enxergar a entrevista como uma negociação

Segundo Ana Lisboa, o grande trunfo para se dar bem em uma entrevista de emprego é posicionar-se como alguém que está indo para uma negociação. “A maioria das pessoas vai a uma entrevista em posição de inferioridade, e isso já determina alguma postura do candidato”, explica a coach. Ao chegar em uma entrevista como alguém que vai negociar uma troca, na qual a empresa oferece um emprego com atividades e remuneração, e o candidato oferece seu trabalho, experiências e competências, é possível analisar a situação de maneira mais fria e racional, conforme ensina a coach. “Quando se tem essa postura, o candidato tem compreensão sobre sua capacidade e sobre quanto vale seu trabalho, e por isso vai ter compreensão sobre o resultado do processo de seleção”, conclui.

Boa Sorte!!!

© JOANA D'ARC - 2017. Todos os direitos reservados. Template criado por Digital Mix Design.Tecnologia do Blogger.