.

English German Spain Italian Portuguese Japanese

Noite

Nenhum comentário: | |

25 maio 2014



Na noite sonho para não ficar perdida,
pois alguém na noite insiste em me chamar.
E no fundo da caverna onde estou,
nossas sombras são nossas inimigas mortais.

Você

Nenhum comentário: | |

21 maio 2014



Quando te vejo esqueço de tudo,
meus olhos não permitem
que eu tire os olhos de você.
Meu coração não ouve,
ele apenas sente.
E por isso,
me sinto perdida até 
você sorrir para mim...

Delírios e fantasias

Nenhum comentário: | |

19 maio 2014



Juro que vou a Lua numa dessas noites,
num barco de luz.
Pois as noites são feitas de milagres,
que acontecem de repente.
E poetas vivem entre o céu e a terra,
entre a realidade e o delírio.



Não fuja

Nenhum comentário: | |

17 maio 2014



Por muito tempo eu quis fugir,
me livrar de tudo que me fazia sofrer.
Mas hoje,
descobri que essas coisas
também são as que já me fizeram feliz,
um dia.



Versos

Nenhum comentário: | |

15 maio 2014



Mergulhando no fundo de minha alma,
encontro versos perdidos e esquecidos.
Cada palavra tem um sentimento,
uma lembrança.
Sentimentos que pensei que havia superado,
mas na verdade,
eles estavam apenas adormecidos.




Luz

Nenhum comentário: | |

13 maio 2014



Longe de tudo,
sou apenas uma sombra.
Estrela sem luz,
a procura do céu.
Lua gelada ilumina que
nossas almas.




Confusa

Nenhum comentário: | |

11 maio 2014



Renasce a saudade que esqueci,
mas o tempo não apagou.
Não queria ser a causa do teu choro,
porque te amo,
e achei que isso bastasse.
Mas meus sentimentos
como sempre estão confusos...



Tempo infinito

Nenhum comentário: | |

09 maio 2014



Imenso coração,
cansado de sofrer
e das infinitas noites de tédio.
Será o tempo a causa
das minhas angustias... 


Sonhos

Nenhum comentário: | |

07 maio 2014



Perto do céu sonhamos e sentimos
como Anjos iluminados.
Nuvens silenciosas no céu,
lágrimas escorrem
pelo meu rosto.
E os ventos do destino me fazem crer,
que sonhos são a essência da vida.


Livre

Nenhum comentário: | |

05 maio 2014



Não quero que ninguém entre em minha vida,
pois amo minha liberdade.
Eu quero sair e ninguém me impedirá,
pois a vida é curta 
e estamos só de passagem por aqui.



Sem sentido

Nenhum comentário: | |

03 maio 2014



Nascemos em um mundo cruel,
onde como que sem sentido morremos
em uma vida onde não importa o que sentimos.
Onde palavras simples como
fidelidade e amor,
simplesmente foram esquecidas.



Até quando

Nenhum comentário: | |

01 maio 2014



Saio e fico olhando o céu sem fim,
que me leva ao infinito.
E não consigo entender como fugir
da doçura do seu olhar,
para me abrigar em minha melancolia.





© JOANA D'ARC - 2017. Todos os direitos reservados. Template criado por Digital Mix Design.Tecnologia do Blogger.