.

English German Spain Italian Portuguese Japanese

Anjo

| |

13 março 2013



Luar de sonhos,
olhar profundo e de alma frágil.
Agonia de uma estrela
ter luz e não poder brilhar.
Sábio poeta,
que dança sobre o luar.
Fantástico e misterioso,
lá do alto olhando por mim.
Com o seu belo mundo próprio,
o destino o contemplou,
com um grande sonho.
Um mundo de justiça e amor.



* Este poema é uma homenagem ao amigo AZRIEL

© JOANA D'ARC - 2017. Todos os direitos reservados. Template criado por Digital Mix Design.Tecnologia do Blogger.