29 junho 2012

A esperança me torna forte



Sou dona do me futuro,
o que não me serve,
jogo fora.
Esperança eu tenho e isso
me torna mais forte.

27 junho 2012

Cidade da tristeza



Vim da cidade da tristeza,
onde mesmo alegre você 
escreve poemas tristes.
E, todos conhecem 
uma só palavra:
Solidão!!

25 junho 2012

Amar é divino



Alegre ou triste,
o que quero 
é ser surpreendida.
Afinal,
amar é divino.

23 junho 2012

A luz do amor



Durante uma tarde,
meus tristonhos olhos
se encheram de luz.
O Sol que havia
se tornado escuro,
voltou a ser reluzente
com a força do amor. 

21 junho 2012

Tempo


Existe tempo para tudo,
até para eu me
reencontrar dentro de mim.
Temos apenas que
esperar a hora certa.

19 junho 2012

Minha prisão


Por mais que eu tente
me libertar,
não consigo me livrar
desse enorme vazio
que me mata.
Um dia,
vou me conformar que a
vida é minha
prisão.

17 junho 2012

Longo caminho


Sonhos me inspiram,
por minha triste jornada,
causada por mágoas e
sentimentos que nos
 deixam cegos.

15 junho 2012

Coração ferido



Destruíram o meu coração,
e hoje vivo sobre um mar
de sentimentos.
O livro de minha vida,
tem esperança de um um dia,
meu coração ferido,
encontrar a paz.

13 junho 2012

Verdade



O tempo me fez amadurecer,
e eu percebi que não conhecia
a verdade.
Simplesmente, eu havia
me perdido por esse caminho.

11 junho 2012

Ruínas

  

Castelos enterrados na
areia do passado.
Hoje,
tento reconstruir meu presente,
sobre as inúmeras ruínas
de sonhos destruídos,
por amores desfeitos.
Deuses!! 
POR FAVOR,
me façam esquecer 
essa enorme dor.

09 junho 2012

Sol



Hoje vivo em harmonia,
pois encontrei meu Sol,
que fez que eu me reencontrasse,
graças a luz do seu nobre 
e singelo coração.

07 junho 2012

Na lama



Nessa minha vida,
sempre fiz o que quis
e me afundei na lama.
Vivo a ilusão do poder
e por isso,
fui odiada.
E hoje,
percebo o quanto me 
tornei medíocre,
pequena....

05 junho 2012

Luar



Minha Lua e
estrelas no céu.
na noite,
meu coração se torna frio,
insatisfeito e triste.
Raros são os momentos,
em que os raios da Lua,
tocam meu coração.
me deixando por segundos,
na luz.

03 junho 2012

Vergonha



Vago por trevas e abismos,
criadas por minha mente.
Senti muita raiva
de mim e por isso,
eu me torturava e me
destruo aos poucos.
No fundo do meu coração,
a verdade é que tenho vergonha
de mim.

01 junho 2012

Chuva


Cai a chuva que lava
a minha alma.
Uma gota faz
transcender em meus olhos,
uma lágrima de alegria.