30 janeiro 2012

Lágrimas de sofrimento


Mergulhei no rio
obscuro da alma.
Travei batalhas,
onde não teve vencedores.
Refiz muitas vezes
o caminho mais difícil.
Lágrimas derramadas por alguém,
que não se cansa de sofrer.

28 janeiro 2012

Novo caminho


Estou por dias
vagando por uma
estrada de caatinga.
Aqui a vida é simples
e cruel para muitos.
Ah Deus, ajude
o povo do sertão!

26 janeiro 2012

Silêncio



Vá sem medo de se
impor, não
deixe que
eles te calem.
O futuro depende
de quebrarmos 
o silêncio.

24 janeiro 2012

Lembranças


Sentada em 
meu quarto,
fechei os olhos e
comecei a recordar
de minha infância.
Oh, que saudades!!!
Saudades dos amigos
e desse tempo que não
volta mais.
Hoje, de olhos bem abertos,
esses amigos só
existem nas
recordações.

22 janeiro 2012

Solitude



Existem dias que
é difícil resistir,
muitas vezes,
me pego sozinha 
lembrando de tempos que
não voltam mais.
E o que resta,
é a dor que
o vazio deixou.




20 janeiro 2012

Confiança



Confiei nas pessoas erradas,
hoje não confio 
em mais ninguém.
Procuro não demonstrar
meus sentimentos,
pois assim ninguém
descobrirá meu 
ponto fraco
 e por isso
não vão ter 
armas contra mim.

18 janeiro 2012

Historinha



Não acredito em conto de fadas,
minha vida está mais para um 
filme de terror, onde a mocinha
não sou eu.
Quero fugir, mas estou
aprisionada nesse mundo
de faz de conta, onde
todos usam mascaras.
Quem é você? Quem sou eu?
Eu não sei mais se
existe uma realidade,
ou se todos somos
personagens de uma
história qualquer. 

16 janeiro 2012

Caros Amigos

Quando comecei a escrever, eu tinha medo das criticas, mas hoje não. Gosto de falar sobre meus sentimentos, pensamentos, mas infelizmente alguns leitores confundem fantasia com realidade.
Como escritora, costumo fantasiar para fugir de uma realidade muitas vezes cruel. E talvez, por ser muito convincente, as pessoas levem tudo ao pé da letra.
É engraçado, os meus textos prediletos não são muito visualizados, já outros que eu penso não ser tão bons, são sucessos absolutos. Os meus textos mais visualizados são :



Quando fiz este blog não imaginei que teria leitores, pois já tive vários blogs e todos foram fracassos. Mas, este blog foi muito bem aceito aqui e em outros países. Os países que mais visualizam meu blog são :


Obrigada você que lê meus textos, comenta, compartilha no FACEBOOK ou TWITTER. Valeu mesmo!!!



Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas... continuarei a escrever.
 ( Clarice Lispector )


14 janeiro 2012

Novo rumo



Nesta minha vida,
já percorri por vários
caminhos, certos e errados.
Hoje, procuro me encontrar,
decidi o meu lugar.
Pois, quero descobrir quem
realmente eu sou e
poder gritar isso
para o mundo.
Não quero ser mais
uma sombra do passado e
sim quero ser a
luz do futuro.

12 janeiro 2012

Siga em frente


O certo é seguir o coração,
recuar só quando não tiver certeza.
Viva intensamente
a vida,
lembre - se que 
hoje, temos um trato,
o de seguir em frente.

10 janeiro 2012

Impedir


Sei que estou
sobre um abismo,
busco o que está
me esperando lá.
E se algo não me impedir....
Realmente estou para baixo,
só sigo
o meu caminho.

08 janeiro 2012

PELA ULTIMA VEZ

Mais uma vez, tenho que explicar ou esclarecer para alguns leitores, que insistem em dizer que não acredito em DEUS. Da onde eles tiram essas ideias? Por acaso eu falei isso? Sou católica e adoro a filosofia espirita, e para quem ainda não sabe, ACREDITO SIM EM DEUS.
Não sou melhor e nem pior que ninguém, e não ando por ai julgando os outros. Meus textos falam sobre sentimentos, e muitas vezes, acabo falando das minhas tristezas. Você nunca ficou triste? Aposto que sim, não  existe essa pessoa que nunca fica triste ou que sinta saudade.
Então, pela ultima vez, não vou me converter para outra religião, já tenho a minha. ACREDITO EM DEUS, E PELA ULTIMA VEZ, DEUS É UM SÓ.







06 janeiro 2012

Dor



Busquei encontrar
respostas para
explicar o que sinto.
Jamais consegui
encontra - las e,
isso me causa uma grande
revolta comigo mesma.
Olhar perdido
sobre o nada.

04 janeiro 2012

Esquecer


Procuro encontrar o
estimulo para continuar
a viver.
Cicatrizes eu tenho
e, não consigo
esquecer...

02 janeiro 2012

O que restou?



Sempre levo comigo
os momentos de
terror que vivi.
Estou presa,
refém do passado.
Receio de viver,
com os fantasmas,
foi o que restou.