.

English German Spain Italian Portuguese Japanese

Critica sobre meu livro Carpe Diem

Nenhum comentário: | |

21 março 2011

A doença é uma presença quase inevitável, ao longo das nossas vidas.  Não raras vezes, surge de forma invasiva, por inesperada e indesejada, modificando rumos traçados e deixando à sua volta um rasto de insegurança.
 
O que fazer, então, nestes momentos de crise quando é na nossa vida que acontece, ou mesmo quando os tocados são nossos familiares directos?  Como sobreviver a disgnósticos considerados irreversíveis?
 
Em "Carpe Diem", Joana D'Arc conta-nas uma dessas histórias que podia ser a de qualquer um de nós e revela-nos uma viagem pelas emoções que se vivem quando a saúde física se fragiliza, numa abordagem em que a Providência Divina também é descrita.  Ao longo destas páginas conhecemos um caso que nos convida a reflectir não só na nossa própria existência, mas também em todos aqueles que cruzam as nossas vidas e em relação a quem podemos fazer a diferença, em momentos de maior tribulação.
 
Percebamo-nos um pouco em cada uma destas páginas, é um convite à leitura que vos deixo.
 
 
                                                           Filomena Queiroz

Mundo melhor

Nenhum comentário: | |

13 março 2011

Covardia é você se anular diante da
aflição de outro ser.
Recusar que precisamos de
perdão e paz.
Evoluir é o que precisamos,pois somos
defetuosos.Somos
incapazes de admitir nossos
erros e,vivemos esperando por um
mundo melhor.Esperar é o nosso grande erro.



Hoje 25 Anos

Nenhum comentário: | |

06 março 2011

Quando eu era criança, eu adorava esse dia,pois  sempre esperava ganhar presentes.Com o passar do tempo isso passou,é só mais um dia normal.
Acordo e olho no espelho e digo:
-Parabéns! O que mudou na sua vida?
Além de ter ficado mais velha,fiquei mais responsavel.Escrevi cinco livros e estou prestes a lançar o sexto.
Obrigada a todos que lembraram do meu aniversario.o meu presente foi vocês terem lembrado.
Se um dia um gênio aparecesse para mim e falasse:
-Você tem três desejos.
Eu diria:
-Eu só preciso de um.
O meu desejo seria pelo menos só mais uma vez,estar com minha irmã Monica novamente.
Isso não é um cartão musical,mas espero ter tocado o seu coração.....

© JOANA D'ARC - 2017. Todos os direitos reservados. Template criado por Digital Mix Design.Tecnologia do Blogger.