01 dezembro 2011

Renuncio


Busquei dentro de mim,
o remédio para minha tristeza.
Mas, incertezas me consomem.
Navego em rios de lágrimas,
que costumo chorar,
a cada anoitecer.
Amargura causada por afetos
destruídos, enterrados no passado.
Espero agora,
deixar de ser
invisível para o mundo.
Renuncio agora,
esse amor que
me destrói.

JOANA D'ARC
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL